AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO NO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO

21/02/2018

A audiência contou com as participações do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro (SASERJ) e outros sindicatos, OS's e ONG's

Em audiencia realizada ontem (08/02/2018) no TRT-RJ com a Presidente em exercício e com a presença do Ministério Público do Trabalho, Sindicatos, movimento Nenhum Servico de Saude a Menos, Organizações Sociais e a Prefeitura, houve a apreciação do dissídio dos trabalhadores da saúde terceirizados do Município do Rio de Janeiro.

Desde o início, a Desembargadora, logo após o relato feito pelos trabalhadores quanto à situação atual, solicitou à Prefeitura esclarecimentos quanto ao descumprimento das obrigações trabalhistas e contratuais e a falta de atendimento da população.

A Prefeitura foi totalmente incapaz de apresentar qualquer previsão para solucionar os problemas, alegando haver crise e informando que não há ainda autorização do Prefeito Crivella para saldar as dívidas para honrar inclusive os pagamentos em atraso.
Frente ao quadro, a sessão foi suspensa por quinze minutos para que a Prefeitura apresentasse uma posição.

Na retomada, a Prefeitura se propôs a fazer um repasse de R$ 185 milhões às organizações sociais até 20 de fevereiro para saldar a folha de Janeiro.

No entanto não houve clareza sobre se esse valor seria suficiente para encaminhar o conjunto de pendências que atormentam a saúde da população e penalizam os trabalhadores.

Frente a isso, a Desembargadora determinou que, até 25 de fevereiro, o Prefeito Crivella apresente um conjunto de informações, abaixo listados, para que, finalmente, haja alguma perspectiva de normalização das relações trabalhistas e do atendimento da saúde do carioca.

Também foi definido que, no dia 26 de fevereiro, haverá a audiência final do processo de discussão quanto à legalidade do movimento de greves e reivindicações. A Justica fez diversos elogios aos trabalhadores quanto à seriedade e responsabilidade do movimento.

A Desembargadora, inclusive, indeferiu uma liminar da OS Iabas solicitando a ilegalidade da greve dos trabalhadores que estão em dia, e conclamou que fizéssemos ampla divulgação do acontecido e das exigências feitas ao Prefeito, inclusive para que sejam tomadas providências para que a imprensa e a sociedade civil estejam maciçamente acompanhando e cobrindo os acontecimentos, além de estarem presentes no dia 26 de fevereiro na Audiência.

Pauta:

1. Salários atrasados
2. 13os atrasados com destaque para hospitais e UPAs
3. Valores das rescisões
4. Valores das férias sem antecipação
5. Regularizar pagamento dos contratos de gestão com apresentação de cronograma para cumprimento mensal com o repasse dos valores ajustados nos respectivos contratos.
6. Quando repassará recursos para os tributos não recolhidos pelas OSs por determinação judicial.
7. Repasse para a manutenção dos postos de saude: ar condicionado, internet, reparos de obras civis, como Caps e Clínicas da Familia.
8. Regularização dos fundos de provisionamento
9. Regularização dos serviços de imagem
10. Regularização dos insumos em geral para o funcionamento da rede.
11. Informar qual o orçamento mensal e o valor dos contratos de cada OS.

Sindicato Dos Assistentes Sociais Do Estado Do Rio De Janeiro, sempre na luta!




Veja também

SASERJ PRESENTE NA CÂMARA DOS VEREADORES EM DEFESA DA INSTALAÇÃO DE PROCESSO DE IMPEACHMENT DE CRIVELLA

SASERJ PRESENTE NA CÂMARA DOS VEREADORES EM DEFESA DA INSTALAÇÃO DE PROCESSO DE IMPEACHMENT DE CRIVELLA

13/07/2018 - A Diretora do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro - SASERJ, Aida Vianna, esteve presente no ato público na Câmara dos Ver...

SASERJ PRESENTE NO ATO PÚBLICO #FORACRIVELLA CONTRA O CLIENTELISMO DO PREFEITO

SASERJ PRESENTE NO ATO PÚBLICO #FORACRIVELLA CONTRA O CLIENTELISMO DO PREFEITO

11/07/2018 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro - SASERJ esteve presente hoje pela manhã na sede da Prefeitura do Rio participando de um ...

PRESIDENTA DO SASERJ APRESENTA PROPOSTA DE DENUNCIA CONTRA O PREFEITO CRIVELLA DURANTE REUNIÃO DO CMS DO RIO DE JANEIRO

PRESIDENTA DO SASERJ APRESENTA PROPOSTA DE DENUNCIA CONTRA O PREFEITO CRIVELLA DURANTE REUNIÃO DO CMS DO RIO DE JANEIRO

11/07/2018 - Aconteceu ontem no auditório do CASS, no Centro Administrativo São Sebastião, a Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Sa...

SASERJ CONVIDA PARA VOTAR NA MOÇÃO DE APOIO AO PCCS DA SAÚDE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

SASERJ CONVIDA PARA VOTAR NA MOÇÃO DE APOIO AO PCCS DA SAÚDE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

03/07/2018 - Vote e compartilhe a Moção de Apoio ao PCCS DA SAÚDE ESTADUAL, propositura da Comissão de Legislação Participativa d...