EM AUDIÊNCIA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS, VICE-PRESIDENTE DO SASERJ DENUNCIA OS BAIXOS SALÁRIOS DOS ASSISTENTES SOCIAIS DO MUNICÍPIO DE BELFORD ROXO

16/09/2019

Declaração foi dada em sessão da Subcomissão Permanente de Assistência Social, em Brasília; esposa do prefeito de Belford Roxo ouviu em silêncio a denúncia de Margareth Dallaruvera

 

Na última quinta-feira–feira (12), a Subcomissão Permanente de Assistência Social da Câmara dos Deputados foi palco de uma denúncia feita pela vice-presidente do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro, Margareth Dallaruvera, com relação aos baixíssimos salários recebidos pelos assistentes sociais do município de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A declaração foi dada na esteira do discurso da primeira-dama do município e secretária de Assistência Social, a Srª Daniela Carneiro. Na ocasião, Daniela se disse “chocada” com o que viu nas instalações do SUAS no que diz respeito ao acolhimento dos pacientes por conta dos péssimos equipamentos e instalações nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e propôs recompor o orçamento dessa área.

 

Em seu momento de fala, Margareth Dallaruvera, que na ocasião estava representando o Conselho Nacional de Assistência Social (Cnas) e a Federação Nacional dos Assistentes Sociais (Fenas), agradeceu a iniciativa dos parlamentares. Logo em seguida, ela rebateu a primeira-dama dizendo que a política de assistência social não se faz apenas com financiamento para infraestrutura, mas também com uma política de valorização do trabalhador. Margareth: “a gente sabe quanto ganha o profissional da assistência social naquele município onde seu marido é prefeito, um dos piores salários dos trabalhadores do Brasil”. Margareth também disse que a qualidade do serviço prestado pelo SUAS “vai para além do que merece o usuário na condição da sua vulnerabilidade social, passando necessariamente pela valorização e salários adequados ao assistente social”. Somente assim, disse a vice-presidente do Saserj, se poderá sair da perspectiva daquilo que se tem que fazer para uma materialidade e concretude, gerando desta maneira um atendimento e um SUAS verdadeiramente humanizado.

 

A Subcomissão Permanente de Assistência Social é composta pelos parlamentares Eduardo Barbosa (PSDB/MG), Flávia Morais (PDT/GO), Miguel Lombardi (PR/SP), Benedita da Silva (PT/RJ), Olival Marques (DEM/PA), Daniela Waguinho (MDB/RJ), Dulce Miranda (MDB/TO) e Pastor Sagtº Isidoro (Avante/BA). Seu objetivo é propor projetos de lei que tratem da assistência social, além de acompanhar e fiscalizar as ações e políticas do Executivo.

 

Assista ao trecho principal no link abaixo:

 

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2569880446581846&id=100006797478222




Veja também

CONFERÊNCIA LIVRE, DEMOCRÁTICA E POPULAR DE SAÚDE COMEÇA AMANHÃ

CONFERÊNCIA LIVRE, DEMOCRÁTICA E POPULAR DE SAÚDE COMEÇA AMANHÃ

04/08/2022 - Nesta sexta, 5 de agosto, com transmissão ao vivo, centenas de profissionais, pesquisadores e gestores da saúde e usuários e usuária...

SASERJ MARCA PRESENÇA EM ATO DO FUNCIONALISMO MUNICIPAL DO RIO

SASERJ MARCA PRESENÇA EM ATO DO FUNCIONALISMO MUNICIPAL DO RIO

02/08/2022 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro, representado pelo diretor e ex-presidente Edmilson soares Reis, esteve presente no ato do ...

SASERJ PARTICIPOU DE MARCHA DAS MULHERES NEGRAS, EM COPACABANA

SASERJ PARTICIPOU DE MARCHA DAS MULHERES NEGRAS, EM COPACABANA

01/08/2022 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro - Saserj participou na VIII Marcha Das Mulheres Negras, na Praia de Copacabana/RJ, neste domingo...

NOVO ATO DO FUNCIONALISMO MUNICIPAL

NOVO ATO DO FUNCIONALISMO MUNICIPAL

01/08/2022 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro - Saserj convoca os (as) assistentes sociais para participarem de mais um ato do funcionalismo m...