SASERJ NEGOCIA DÍVIDA E VOLTA A PAGAR À CUT

08/06/2021

Filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro (Saserj) retomou o pagamento das mensalidades à central nacional, ação que não acontecia desde 2018. O acordo é fruto de um intenso trabalho de mobilização da base dos filiados ao Saserj e de atividades em prol dos trabalhadores e trabalhadoras que fizeram com que a entidade pudesse se manter atuante na defesa dos interesses da categoria, principalmente nos últimos anos, quando ataques e tentativas de intimidação e supressão de sindicatos dos trabalhadores por parte dos governos neoliberais de direita se intensificaram.


“Presente em todos os ramos de atividade econômica do país, a CUT se consolida como a maior central sindical do Brasil, da América Latina e a 5ª maior do mundo, com 3. 806 entidades filiadas, 7.847.077 trabalhadoras e trabalhadores associados e 23.981.044 trabalhadoras e trabalhadores na base”, segundo histórico da publicado pela central.


Segundo Edmílson Soares Reis, presidente do Saserj, o retorno do Saserj às suas obrigações em dia com a CUT é um momento para se comemorar, já que é uma conquista o equilíbrio das contas e a intensificação das relações com a central. Edmílsom também afirmou que “essa relação cumpre o próprio estatuto do Saserj e potencializa a voz do sindicato”.


Edmílson reforça que o “ultraliberalismo”, no plano da ideologia, busca extinguir, tentando apagar da consciência dos indivíduos, todas as conquistas que foram feitas por meio da luta sindical. Nesse sentido, uma das estratégias que a ideologia "ultraliberal" usa para tentar aniquilar com os sindicatos é o enfraquecimento da parte financeira das entidades. Entretanto, finaliza, “buscamos a força na sindicalização das nossas bases para que possamos nos fortalecer e dar um maior apoio a classe trabalhadora".


Vale ressaltar que mesmo com a interrupção dos pagamentos, o Saserj sempre continuou com sua representação e participação nas atividades da CUT, nunca deixando de ser ouvido e atendido em suas demandas internas e externas.


Uma plenária nacional da CUT está marcada para ocorrer no mês de setembro deste ano. Nesta plenária, será possível discutir e propor mudanças que visem o fortalecimento das entidades sindicais, inclusive discutindo a crise financeira que os atinge. Essa será uma discussão central a ser levada pela direção do Saserj.




Veja também

SASERJ E FUNCIONALISMO SE REÚNEM COM LÍDER DO GOVERNO PARA ARTICULAÇÃO DE REPOSIÇÃO SALARIAL

SASERJ E FUNCIONALISMO SE REÚNEM COM LÍDER DO GOVERNO PARA ARTICULAÇÃO DE REPOSIÇÃO SALARIAL

18/06/2021 -            O presidente do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro, Edmílson Soares Reis, esteve pres...

SASERJ REALIZA ASSEMBLEIA DE BASE PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS (AS) À PLENÁRIA ESTATUTÁRIA ESTADUAL DA CUT/RJ

SASERJ REALIZA ASSEMBLEIA DE BASE PARA ELEIÇÃO DE DELEGADOS (AS) À PLENÁRIA ESTATUTÁRIA ESTADUAL DA CUT/RJ

17/06/2021 - Nos dias 21 e 22 de agosto de 2021, a CUT Rio vai realizar sua 12ª PLENÁRIA ESTATUTÁRIA ESTADUAL. Neste sentido, os sindicatos filiados e &ag...

NOTA DO SASERJ: 14º SALÁRIO (GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO DE ENCARGOS ESPECIAIS/PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS OU RESULTADOS)

NOTA DO SASERJ: 14º SALÁRIO (GRATIFICAÇÃO PELO EXERCÍCIO DE ENCARGOS ESPECIAIS/PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS OU RESULTADOS)

16/06/2021 - Nota: 14° salário (“gratificação pelo exercício de encargos especiais/participação nos Lucros ou Resultados&...

LEI DE AUMENTO DE VENCIMENTOS É SANCIONADA E PCCS ESTÁ A UM PASSO DE SER IMPLEMENTADO

LEI DE AUMENTO DE VENCIMENTOS É SANCIONADA E PCCS ESTÁ A UM PASSO DE SER IMPLEMENTADO

10/06/2021 - Após 30 anos de luta em torno da aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Saúde e Iaserj, batalha do funcionalis...