SASERJ INICIA CICLO DE DEBATES COM CANDIDATAS ASSISTENTES SOCIAIS

11/09/2022

SASERJ INICIA CICLO DE DEBATES COM CANDIDATAS ASSISTENTES SOCIAIS

Buscando aprofundar os diálogos em construção com a categoria dos (as) assistentes sociais, o Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro – Saserj está dando início ao Ciclo de Debates com Candidatas Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro. Os encontros vão acontecer de maneira presencial e online, onde a população fluminense poderá conhecer um pouco mais das propostas das candidatas, a situação da Assistência Social no estado, bem como a conjuntura política e suas perspectivas para o Sistema Único da Assistência Social.

Neste primeiro encontro, irão participar as candidatas estaduais Eloá Moraes (PT), Rafaela Albergaria (PT), Marina do MST (PT) e Tatiany da Coletiva Feminista (Psol). O debate também terá a participação da candidata a deputada federal Benedita da Silva (PT).

As políticas sociais se constituem em espaço para a consolidação da profissão e o assistente social se insere no mercado de trabalho, enquanto trabalhador assalariado, com a função de traduzir, refletir, propor e executar aquelas políticas públicas que estão voltadas para o atendimento e a superação das expressões da questão social, por meio de ações majoritariamente preconizadas pelo Estado. Neste contexto, o assistente social é o profissional que, dentre as suas atribuições, instrumentaliza e potencializa as políticas sociais locais, favorecendo o seu desenvolvimento, através da facilitação de processos que culminam na melhoria da qualidade de vida da sociedade.

  • Este evento tem por objetivo principal conhecer propostas das candidatas assistentes sociais, apresentá-las a categoria de assistentes sociais e trabalhadores do SUAS. Mas, trata-se do início de um ciclo de debates que até novembro irá trazer diferentes temáticas afins, tais como: pobreza, gênero, violência, racismo entre outros. Nesta reta final é importante construir pontes para candidatos cujo compromisso descrito em suas plataformas eleitorais expressa ações que visam o bem comum, sobretudo, daqueles que se encontram em situação de maior vulnerabilidade. Veja as propostas AQUI.

O debate presencial será realizado na Avenida Mem de Sá, 208, no Centro do Rio. O debate terá início às 19h. O Instituto de Pesquisas das Culturas Negras irá transmitir ao vivo o debate a partir das 19h em seu canal oficial. As intervenções à distância, se ocorrerão pelo chat. O Saserj também irá disponibilizar o link na sua página oficial no Facebook.

Vamos conhecer um pouco mais sobre as candidatas

- Benedita da Silva, deputada federal PT/1377

Vivemos no estado do Rio de Janeiro uma realidade de injustiça social, de ausência de participação e de aprofundamento das desigualdades, onde não há regime democrático que se sustente.

O Ministério Desenvolvimento Social e Combate à Fome do Brasil, criado pelo presidente Lula em 2004, foi extinto por Bolsonaro em 2019, sendo uma das muitas medidas de seu governo contra o estado de Bem Estar Social.

Como governadora do Rio de Janeiro, Benedita da Silva garantiu um conjunto articulado de ações na Secretaria de Assistência Social visando proteção à família, adolescência e velhice; amparo às crianças e adolescentes carentes; à promoção da integração ao mercado de trabalho; a habilitação e a reabilitação das pessoas com deficiência.

Quando secretária estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita iniciou a implantação do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) unificado em todo o estado.

Agora, novamente junto com o presidente Lula, Benedita vai lutar pelo fortalecimento e reestruturação do Sistema Único de Assistência Social para atender a população mais carente do país, incluindo o retorno ao status de Secretaria para a pasta da Assistência Social, a definição de piso salarial para trabalhadores do SUAS conforme preconiza as resoluções 9 e 17 do CNAS, e uma Frente em Defesa do SUAS.

- Eloá Moraes, deputada estadual PT/13024

Eloa Moraes, nascida em Rocha Miranda, periferia do Rio de Janeiro. De religião de matriz africana, moradora de Paraty, Assistente Social da Prefeitura ha? 18 anos, formada pela UFRJ, e integrante co-fundadora da Coletiva Articula Preta.

Em Paraty atuou na construc?a?o da Poli?tica Municipal de Assiste?ncia Social e Direitos Humanos; na gestão do CAPS; na criação do Serviço Social da Secção de Segurança e Medicina do Trabalho da Prefeitura Municipal de Paraty, na formação das primeiras turmas de Serviço Social da cidade e na criação da Coordenadoria da Mulher.

Sua vivência como assistente social e ativista do movimento de mulheres negras, fez de Eloá defensora do cuidado como um direito universal!

Candidata a Deputada Estadual do Rio de Janeiro e a única de Paraty.

Federação Brasil da Esperança PT/PC do B/PV, CNPJ: 47.510.468/0001-90, ELOA SILVA DE MORAES

- Rafaela Albergaria, deputada estadual PT/13474

Rafaela Albergaria é candidata a deputada estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no estado do Rio de Janeiro. Mulher negra da Baixada Fluminense, assistente social, gestora pública e articuladora do Movimento Mulheres Negras Decidem, atua como ativista pelo direito à vida de pessoas negras e periféricas. Idealizadora do Observatório dos Trens, Rafaela luta pelo direito à cidade e a um transporte público barato, seguro e de qualidade.

- Tatiany da Coletiva Feminista, deputada estadual Psol/50111

Tatianny Araújo é servidora da saúde, ativista feminista, mãe é co-candidata pela Coletiva Feminista do PSOL na Alerj. A Coletiva Feminista é composta também por Natália Russo, petroleira e dirigente sindical; Ivanilda Reis, mulher negra, da Baixada Fluminense, aposentada como técnica da Universidade Federal Rural do RJ e Kenia Miranda, pedagoga e professora da Universidade Federal Fluminense.

- Marina do MST, deputada estadual

Liderança do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra desde os seus 14 anos. Assistente social pela UFRJ e mestra em Geografia pela UNESP, representou o MST e conheceu experiências de geração de emprego, renda e de combate à fome em várias partes do mundo. Mãe de uma jovem e feminista, foi morar em Campos dos Goytacazes em 1996 para lutar pela terra e contra os fazendeiros e poderosos da região. Sua candidatura como Deputada Estadual, tem o desafio de colocar a primeira Mulher Sem Terra na Alerj. Conheça as suas propostas.




Veja também

Nota de solidariedade

Nota de solidariedade

05/07/2024 - O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro vem se solidarizar com a deputada Benedita da Silva, nossa Bené, ícone da luta das...

Saserj participa de reunião para discutir regulamentação da lei que garante psicólogos e assistentes sociais nas escolas

Saserj participa de reunião para discutir regulamentação da lei que garante psicólogos e assistentes sociais nas escolas

24/06/2024 -   O Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro (Saserj), representado pela diretora Aline Fernandes Salles participou de uma reuni&...

Representação do Saserj toma posse no Conselho Nacional de Assistência Social

Representação do Saserj toma posse no Conselho Nacional de Assistência Social

24/06/2024 - Os novos integrantes do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) tomaram posse em cerimônia realizada nesta quarta-feira (19.06), em Bras&ia...

Live do Saserj: Piso Nacional dos Assistentes Sociais

Live do Saserj: Piso Nacional dos Assistentes Sociais

25/05/2024 - Na próxima terça-feira, dia 28 de maio, o Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro – Saserj realiza importante live s...